Suggestiva | Releases

Releases

 

KOMM UND TANZ MIT UNS É TEMA DO XXIV BROOKLINFEST

XXIV BROOKLINFEST APRESENTA COMO TEMA: KOMM UND TANZ MIT UNS (VENHA E DANCE CONOSCO) - TEMPO DE HISTÓRIAS

Festival terá atração Internacional de Berlim Alemanha, a cantora Eva Jagun, lançando o CD Camburi, homenagem ao multiartista Antônio Nóbrega, feiras de livros de editoras importantes com rodas de conversa, atividades esportivas, cortejos, músicas dos The Beatles, Banda Silibrina, Camerata Darcos e narrativa do Colégio Meninópolis 

O BrooklinFest, evento anual que acontecerá em 20 e 21 de outubro, é uma viagem de exploração, descoberta e compartilhamento cultural, a qual enfatiza a diversidade do mundo e em 2018 traz o tema “Komm und tanz mit uns (Venha e dance conosco) - Tempo de Histórias”. A festa incentiva o movimento e a integração com o público e apresenta uma infinidade de artistas e historiadores de várias esferas culturais através de concertos, rodas de conversas sobre “cidades”, danças, esportes, teatros, filmes, oficinas infantis, além da vasta gastronomia e artesanato. 

A AEMB - Associação dos Empreendedores e Moradores do Brooklin, é quem realiza o festival e para ter uma programação gratuita das 10h às 22h existe um importante trabalho de pesquisas baseado em livros, viagens e muitas histórias dos imigrantes e migrantes alemães. Neste ano, o Curador Cultural Luiz Delfino Cardia e o Vice-Presidente Ademar Távora viajaram para o Rio Grande do Sul, Osório, Dois Irmãos, Ivoti, Nova Petrópolis, Gramado, Igrejinha, Quinze de Novembro e Selbach.

“O objetivo da viagem foi alinhar a ‘Geografia Humana da Imigração Alemã’ no Rio Grande do Sul com os festivais do Brooklin. As histórias das cidades, a construção da identidade cultural, o passado das pessoas, o presente dos imigrantes/migrantes alemães, os grupos culturais e historiadores/pesquisadores locais. O festival cria uma amostra multicultural do mapa da imigração alemã no Estado de São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, através de atrações artísticas e exposições”, explica Luiz Delfino.

 

Nesta 24ª edição, justamente pelo tema instigar e valorizar a dança e o movimento, muitos grupos iniciarão suas apresentações em cima dos palcos, e depois irão participar em outros espaços e encorajarão o público a participar dos movimentos. Dentre as apresentações já estão confirmadas a dança do oriente, europeia, africana e brasileira, como o forró, além dos cortejos, fanfarras, danças folclóricas alemãs, dança circular e atividades esportivas.

“As ruas do BrooklinFest proporcionarão uma análise imersiva e interativa da cultura. Esperamos que as pessoas venham para ver e experimentar o tipo de dança que já amam, mas também para vivenciar outras formas de dançar”, comenta Pietro Iaconelli, Presidente da AEMB.

Outro destaque é para o estacionamento do edifício Next Office, o qual abrigará uma feira de livros. A ideia é trazer algumas editoras focadas em obras acadêmicas e alguns autores e, assim, promover um bate-papo de maneira direta com os visitantes, sobre psicanálise, arte, economia, sustentabilidade, com alinhamento sobre o tema: “Fazendo a Cidade”. Também será possível ver algumas lojas na Galeria Brooklin que se transformarão em salas de exposição de fotos, dissertações de mestrado, teses de doutorado, livros e mapas a respeito da imigração alemã.

“O BrooklinFest é um caldeirão de artistas nacionais e internacionais, onde eles têm a chance de estarem na frente de um público e interagir. Existe uma unidade no evento como um todo e a preocupação com o conteúdo, o tema e as atividades estão conectadas. Dançar é uma forma de interação interpessoal, uma amostra de diferenças culturais e linguísticas dos participantes. As pessoas podem dançar juntas sem ter a mesma cultura ou falar a mesma língua. O entretenimento é ao vivo e as performances permitem que as pessoas se soltem e se movam, além de conhecerem diversas histórias”, destaca o Curador Cultural.

Delfino ressalta que a programação ainda está sendo concluída, mas adianta que terá o Grupo Azul do Coral USP e a Camerata Darcos tocando The Beatles, bandas jovens como Roto Roots, Silibrina, Vitor da Trindade, dança de Guiné-Conacri para as crianças, música com a ACCA - Associação Cívica Colônia Alemã, lançamento do CD Camburi da cantora alemã Eva Jagun no Brasil, etc.

Entidades sociais e homenagens

Somado ao contexto cultural, o aspecto social está enraizado no BrooklinFest, o qual buscar enaltecer os trabalhos de entidades sociais, segundo Ademar Távora, Vice-Presidente da AEMB. “Há uma tenda grande disponível para 16 instituições que podem vender seus produtos e divulgar suas ações. São exemplos de pessoas de diferentes origens trabalhando de forma colaborativa em um ambiente único, com isso, trazemos para o nosso festival a acessibilidade e a equidade cultural, além do olhar ao próximo”.

Há ainda a SOBEI - Sociedade Beneficente Equilíbrio de Interlagos, que disponibiliza três restaurantes para os visitantes, cuja verba arrecadada com as vendas dos pratos, como do Einsbein (joelho de porco), será destinada para seus projetos, envolvendo uma média de 8 mil beneficiários entre crianças, jovens e adultos. Todos que trabalham nestes dois dias de festa são voluntários.

Durante o BrooklinFest vários artistas, escritores e outras pessoas que contribuem com a parte histórica do festival serão homenageados, como o músico Antônio Nóbrega, conhecido pelo personagem Tonheta, espécie de palhaço e andarilho, a maestrina Renata Sbrighi da Orquestra Sanfônica de São Paulo, a professora e doutora Priscila Perazzo do Laboratório Hipermídias de Comunicações Culturais da Universidade Municipal de São Caetano do Sul com o núcleo de pesquisas “Memórias do ABC”. Homenagens aos trabalhos da Universidade sobre o memorial oral de famílias e entidades sociais alemãs. E ainda, a cidade de Weimar na Alemanha enviará um vídeo sobre a cultura local.

Serviço:
XXIV BrooklinFest
Dias: 20 e 21 de outubro de 2018
Local: Quadrilátero das Ruas Joaquim Nabuco, Barão do Triunfo, Princesa Isabel e Bernardino de Campos
Horário: Das 10h às 22h

Entrada gratuita
Mais informações através do site www.aemb.org.br ou pelo https://www.facebook.com/brooklinfestaopaulo/