Suggestiva | Releases

Releases

 

PIPELINE PISCINAS REUTILIZA ÁGUA DA CHUVA EM SUA FÁBRICA

PIPELINE PISCINAS REUTILIZA ÁGUA DA CHUVA EM DIVERSAS ATIVIDADES DE SUA FÁBRICA

Empresa está envolvida com a melhoria contínua de suas operações para minimizar os impactos ao meio ambiente, promover a consciência ambiental e ações mais sustentáveis

A demanda por água doce continuará a subir, já que a população mundial está projetada para atingir quase 9,8 bilhões em 2050 e muitas fontes deste recurso estão sendo exauridas mais rapidamente do que podem ser recarregadas por processos naturais. Por isso, a Pipeline Piscinas está comprometida com um caminho mais sustentável e para reduzir o impacto ambiental faz a reutilização da água da chuva em sua fábrica com mais de 12 mil m² localizada na cidade de Cambará, no Paraná.

Na prática e de forma resumida, a captação de água da chuva envolve a parte de coleta, filtragem, armazenamento, tratamento e distribuição, sendo que 93% do telhado da fábrica foi projetado para captação da chuva, a qual escorre por galerias subterrâneas para uma cisterna com armazenamento de até 60 mil litros. A quantidade armazenada tem aproveitamento de 100%, cuja destinação é para atender uma parte das necessidades de água de suas instalações, como lavagem das piscinas feitas de fibra de vidro, dos carros e caminhões, irrigação do jardim e estocagem para prevenção de incêndio.

A fábrica da Pipeline foi inaugurada em 2005 e já no ano seguinte o projeto de reaproveitamento de água da chuva estava funcionando em sua plena capacidade, gerando economia para a empresa e preservando os recursos naturais do meio ambiente. João Paulo Campana, CEO da Pipeline Piscinas, entende que o uso sustentável da água pode manter um equilíbrio entre demanda e oferta. Afinal, há pressões iminentes do aquecimento global que ameaçam aumentar a evaporação, bem como os casos de seca severa. “A água de reuso é uma preocupação ambiental da Pipeline, haja vista que este processo era feito com água do poço no passado, o que além de retirar recursos da natureza era utilizada energia elétrica para fazer o bombeamento. No caso do reaproveitamento, a água da chuva vem por gravidade e enche a caixa da água. É importante incentivarmos medidas de conservação desta natureza, pois estaremos ajudando a garantir que as gerações futuras tenham acesso à água de que precisam”, destaca João.

Além de garantir o abastecimento, o reuso de água da chuva oferece enormes benefícios ambientais, pois esta fonte adicional de água nas empresas ajuda a diminuir o desvio de água do ecossistema. Plantas, animais selvagens e peixes dependem de fluxos de água suficientes para seus habitats para viver e se reproduzir. A falta de fluxo adequado, como resultado do desvio para fins agrícolas, urbanos e industriais prejudica este ciclo, portanto, fica a dica do reaproveitamento da água da chuva como uma iniciativa sustentável com o meio ambiente.

Sobre a Pipeline Piscinas

Com mais de 20 anos de história e fábrica própria no Paraná, a Pipeline Piscinas apresenta o que há de melhor em produtos que aliam durabilidade, praticidade, tecnologia, conforto, beleza e segurança. O diferencial da empresa é a casa de máquinas que já vem acoplada ao casco da piscina, instalada sob um charmoso deck decorativo, cujo conceito de instalação é o “plug and play”, ou seja, ligue e funcione. Como as piscinas são fabricadas em monobloco, com parte elétrica e hidráulica prontas para uso, isso diminui o tempo e o custo com obras ou elimina completamente o quebra-quebra, no caso da linha Singapore que é instalada sobreposta diretamente no piso. Além disso, a segurança é essencial, por isso a Pipeline entrega suas piscinas produzidas em fibra de vidro com três itens de segurança de série: o ralo anti-hair, alívio atmosférico e dispositivo contra choques elétricos (D.R).

Mais informações através dos telefones 0300 643 2121 / Whatsapp (14) 98127-4830, no site www.pipelinepiscinas.com.br ou pelo facebook.com/PiscinasPipeline e Instagram.com/pipelinepiscinas.  


Pipeline Piscinas - Fábrica