Suggestiva | Releases

Releases

 

BROOKLINFEST: DIVERSIDADE CULTURAL ATRAVÉS DA GASTRONOMIA

BROOKLINFEST PROMOVE A DIVERSIDADE CULTURAL ATRAVÉS DA GASTRONOMIA

O festival anual com entrada gratuita acontece na Zona Sul de São Paulo e inclui uma miscelânea gastronômica, como joelho de porco, temaki, zopf (pão trançado) e sorbets indicado para veganos e pessoas intolerantes à lactose

BrooklinFest chega a 22ª edição e proporciona uma viagem degustativa ao redor do mundo através de diversas tendas e restaurantes nas ruas do Brooklin, nos dias 22 e 23 de outubro. Ao caminhar apenas alguns metros, é possível saborear um menu eclético, como o popularEisbein (joelho de porco), cocada, acarajé baiano, sorvetes, lanches de pernil, tempurá, suco de milho, ravióli e muito mais. Além disso, os visitantes desfrutarão gratuitamente de performances artísticas ao vivo, concertos, shows, danças, exposições, apresentações itinerantes, entre muitas outras atrações.   

Para quem gosta de almoçar ou jantar fora de casa e colaborar com alguma ação social pode passar pelos restaurantes da Sociedade Beneficente Equilíbrio de Interlagos (SOBEI), os quais terão o tradicional e muito procurado Eisbein, joelho de porco, Kassler (costeleta de porco defumada), cupim ou frango recheado, etc. Todas as pessoas trabalham de forma voluntária nos restaurantes e a verba arrecadada durante o evento é revertida para a manutenção de projetos sociais que ajudam quase 8 mil beneficiários da SOBEI, entre crianças na faixa etária de zero a três anos, jovens, adultos e idosos.   

O famoso joelho de porco também pode ser degustado no Rei do Joelho, onde é assado em uma churrasqueira giratória diante dos clientes. Os visitantes poderão ainda optar pelo Schlachtplatte, prato tamanho família que acompanha 1 joelho inteiro, 4 salsichões, 2 bistecas, salada de batata e chucrute.

Já no Biergarten, que fica no estacionamento da loja Cervera, na Rua Princesa Isabel, 208, os pratos alemães produzidos pela Berna são servidos ao som de Jazz, Blues e Rock. O local é perfeito para curtir boa música, comer e degustar cervejas especiais. 

Agora, se a ideia é saciar temporariamente a fome para poder experimentar outras delícias do evento, a sugestão é passar na tenda de Lanches Fofão que disponibilizará lanches de pernil, calabresa e contrafilé com queijo, saborear os pastéis da Marina Araki ou os deliciosos espetinhos do Quintal do Espeto. Já a Mister Milho servirá pamonhas doces e salgadas, bolo de milho verde, curau e suco de milho. Entre outros pontos que terá tapiocas, queijos, pão de mel, doces cristalizados e muito mais. Tem um sabor diferente a cada rua do BrooklinFest, vale a pena conferir!    

E para completar as opções de refeições que podem ser feitas de forma mais rápida, o público encontrará os tradicionais salsichões grelhados nas barracas Berna, como: Cervela - elaborada com carne bovina e gordura suína. A coloração do produto não é feita com corantes, mas sim com defumação natural. Kalbsbratwurst - a tradução desta salsicha é Kalbs (vitelo) Brat (grelhada ou para grelhar) Wurst (salsicha), tem na composição carne de vitelo, que é naturalmente uma carne mais clara, e por não levar conservante, ela se mantém com a coloração branca, etc. 

Das Eis Sorvetes Goumert tem sorvetes (à base de leite) e sorbets (à base de água) 100% naturais, ou seja, sem adição de qualquer substância química como aromas, conservantes, corantes e gordura hidrogenada. A fabricação é feita com ingredientes frescos como frutas, folhas aromáticas (menta, erva cidreira...), leite e creme de leite fresco. E para fazer a base é usado biomassa, inhame e cará. São alternativas também para veganos e pessoas intolerantes à lactose. Na barraca terá limão santo - sorbet de limão, capim cidreira e gengibre, strudel de maçã, etc.  

O público também apreciará na Panya Brasil o Zimtbrot, pão doce feito com açúcar e canela e o Blumenbrot, pão criado pela empresa que leva esse nome devido ao formato que possui, de uma flor. Cada "pétala" e o centro são cobertos por um tipo diferente de grão, sendo 8 tipos no total. Entre eles estão presentes a linhaça, a papoula, a semente de girassol e a chia. Além disso, o restaurante Lukullus levará pães feitos sem ingredientes de origem animal. E os amantes de sonhos devem ir à Sonheria Dulca.   

Expositores presentes desde a primeira edição do BrooklinFest

A diversidade gastronômica ajuda a manter o evento multicultural tão vívido quanto possível, além das tendas de alimentos que são selecionadas cuidadosamente a cada edição, há mais de duas décadas, alguns empresários mostram suas especialidades e revelam o aconchego de seus estabelecimentos.  Um deles é o Zur Alten Mühle (Ao Velho Moinho) que existe há 36 anos e no cardápio ofereceBouletten (bolinho de carne condimentada frito, crocante por fora e macio por dentro) e Beef Tartar. Outra “veterana” é a empresa Banzai cujo menu possui tempurá, yakissoba, hot roll, temaki,  espeto de camarão e guioza.

Somos gratos aos novos e antigos expositores que mesclam as características modernas e tradicionais nas comidas. A partilha de alimentos é o cruzamento entre cultura, tradição e história. Assim, o BrooklinFest é um evento que reflete a identidade de cada povo”, destaca o Curador Cultural do Evento Luiz Delfino Cardia.

Sobre o evento

A festa multicultural alemã BrooklinFest realizada todos os anos no mês de outubro pela Associação dos Moradores e Empreendedores do Brooklin (AEMB) apresentará como eixo central o tema “Bildung (Formação) - Valorização dos Educadores Culturais e Sociais. As Ruas Culturais Formam e Educam”, cuja ideia é a valorização dos educadores sociais na cidade de São Paulo e de todas as pessoas com diferentes formações e importâncias das cidades de imigração alemã.

XXII BrooklinFest
Dias: 22 e 23 de outubro
Local: Quadrilátero das Ruas Joaquim Nabuco, Barão do Triunfo, Princesa Isabel e Bernardino de Campos
Horário: das 10h às 22h

Entrada gratuita
Mais informações através do site www.aemb.org.br.